Apresentação

É a Cristo que os monges querem dar o primeiro lugar quando cantam os Salmos na liturgia, quando se tornam disponíveis à acolhida de hóspedes, ao trabalho e ao serviço da comunidade, e quando estão atentos a todas as angústias humanas que tentam aliviar por meio de suas orações e da escuta àqueles que nos procuram.

A oração na igreja ao longo de todo o dia, chamada de “Ofício Divino”, é um tesouro que o monge se alegra em celebrar com aqueles que vêm ao mosteiro por algumas horas ou alguns dias. O canto gregoriano nas missas, e os hinos e salmos em língua portuguesa no Ofício Divino são o tecido do louvor monástico no Mosteiro da Transfiguração.

O interior do mosteiro em si – que chamamos de clausura –, lugar da vida da comunidade, não pode ser visitado. A atmosfera de silêncio ali preservada é necessária para a vida monástica, que comporta certa restrição em seus contatos com o exterior. Entretanto, a acolhida e a atenção às realidades contemporâneas permanecem sendo parte essencial da espiritualidade beneditina: esta é a dimensão que este site gostaria de honrar.

O Sal e a Luz do Mundo

Na vida, o que mais precisamos, além do indispensável alimento cotidiano, é de uma boa palavra, uma dessas palavras que são ditas no momento certo e que iluminam a vida. Uma dessas palavras que nos dão coragem quando ela mais falta. Hoje Jesus nos diz essa palavra. E para nossa grande surpresa, Jesus nos declara: “Vós sois o sal da terra! Vós sois a luz do mundo!” (Mt 5,13.14).

Retiro de Carnaval

Retiro de Carnaval “Rezar com a Palavra de Deus”, Parte IV, de 21 a 24 de fevereiro, dirigido por DOM CRISTIANO COLLART, OSB

Mosteiro da Transfiguração

Endereço

Rua Júlio Gaviraghi, 1430
Santa Rosa - RS / Brasil
CEP: 98790-146

Contatos

(55) 3512-6193
(55) 3512-6024
mosteiro@transfiguracao.com.br