CAPÍTULO 54 - Se o monge deve receber cartas ou qualquer outra coisa


 Não seja permitido de modo algum o monge receber ou enviar a seus pais ou a qualquer pessoa ou um ao outro cartas, eulógias, ou quaisquer pequenos presentes, sem permissão do abade.  E também, se alguma coisa lhe for enviada pelos seus pais, não presuma recebê-la sem que seja mostrada ao Abade.  Se ordenar que a receba, esteja ainda no poder do Abade ordenar a quem a coisa deve ser dada:  e não se entristeça o irmão a quem, porventura, a coisa fora enviada, a fim de não dar ocasião ao diabo.  Quem presumir proceder de outra maneira, seja submetido à disciplina regular.